Tag Archive: downtown


Estava participando de uma “saída fotográfica” na região da Luz/Bom Retiro.

Quando estávamos fazendo o contorno no Parque da Luz para o nosso destino final na estação, vi um maninho se aproximando e se preparando para pular uma corrente. Mirei a câmera nele e tirei uma foto horrorosa, borrada e com fotometria toda errada. Um fiasco.

Luz1

Ele foi se aproximando de mim, e pensei “pronto, arrumei confusão com um cara que não gostou que eu tirei foto”. Ao se aproximar ele começou a falar algumas palavras ininteligíveis, até a hora que ele falou “filma aqui, filma aqui!”. E começou a fazer uma cantoria, muito animado.

Aí então comecei a tirar uma série de fotos, vendo que ele estava à vontade em frente à câmera. Ele terminou, pegou um trocado e foi embora rapidamente. Nunca vou saber o nome desse sujeito, nem o que ele estava fazendo ali com sua caixa de feira na mão.

DSC_0694 BW

Luz4

Luz5

Luz6

Um domingo de manhã, para muitas pessoas, é um momento inexistente. Geralmente o domingo começa pra lá do meio dia, afinal até Deus mereceu um descanso no sétimo dia, então nada mais justo do que dormir MUITO. Maaaaas, se você tiver certa disposição, vai ver que o domingo de manhã proporciona tranqüilidade até mesmo nos lugares mais caóticos. Certa vez fui num domingo pela manhã ao centro de São Paulo; durante a semana é geralmente muito abarrotado de gente e carros, mas desta vez estava uma paz… A Rua Santa Ifigênia vazia é algo que as pessoas não acreditariam ver um dia. E esta rua começa no Largo Santa Ifigênia, que tem uma simpática igreja gótica na esquina.

To many people, Sunday mornings don’t exist. Sundays usually start past noon, after all, even God deserved a rest in the seventh day, and so it is really fair to use this day to sleep A LOT. Buuuut, if you have strength of will, you’ll notice that Sunday mornings infill with tranquility even the most chaotic places. One day I went to downtown São Paulo on a Sunday morning; during the week it is usually crowded like hell with people and cars, but this time it was such a peace… An empty Santa Ifigênia street is something that people wouldn’t believe existing. This street starts at Santa Ifigênia Square, with a fancy gothic church in the corner.

Igreja Santa Ifigênia em meio à cidade. / Santa Ifigenia Church amidst the city.

Pomba / Pigeon

Igreja Santa Ifigênia / Santa Ifigenia Church

Beatas / Devouts

Eu e um amigo estávamos tirando fotos na feira da Praça da República quando ouvimos um barulho alto vindo dos prédios, e nos dirigimos para lá para ver o que se passava. Um homem reformando uma janela havia derrubado um pedaço de concreto e quase acertou uma mulher. Outro pedestre começou a fazer um escândalo e mandou a gente, que era da imprensa (por causa das câmeras na mão), fotografarmos tudo e publicar esse absurdo no jornal.

I was shooting the craft fair at Republica Square (downtown São Paulo) alongside with a friend, when we heard a loud noise coming from the buildings from behind; we then hurried to see what was going on. A man was restoring a building’s window and let a concrete block fall down, and it almost hit a woman below. Another pedestrian soon started a roughhouse and told us, who apparently were press photographers (because of our cameras), to take photos and publish this absurdity on the news.

1- Com o enquadramento vertical, homem no topo e no centro. / 1- Vertical framing, the man on the top-center.

2- Um pouco mais próximo, as linhas das janelas ficam diagonais, mas um flare indesejado no canto inferior direito estraga tudo. / 2- Closing-up the point of view, the windows create diagonal lines, but and undesired flare in the bottom-right corner screws it all.


Um homem pendurado num prédio é uma figura interessante aos olhos. Mas essa cena já foi muito vista, principalmente na época da construção dos grandes arranha-céus em Manhattan e afins. Mas não deixa de ser um bom treino de composição. Algumas tomadas óbvias de enquadramento descartadas, pois usavam o prédio que ele reformava como fundo. Aproximando-me um pouco mais e mudando o ponto de vista cheguei à cena final, com três prédios diferentes no quadro – incluindo o elegante Ed. Itália.

A hanging man infront of a building is a very eye-catching figure. But this scene has become a cliché, especially back in the time of the construction of the gigantic skyscrapers in Manhattan and so. But it is still good as composition training. As starters, some obvious framings, using the building that he was repairing as a back plan, are soon discarded. Closing in a bit more and changing the point of view allowed me to get to the final scene, with 3 different buildings within the frame – including the elegant Ed. Itália.

3- Imagem final, com o homem pendurado e 3 diferentes prédios e linhas que se conectam ao longo da cena. / 3- Final image, with the hanging man and 3 different buildings and connecting lines throughout the frame.

%d blogueiros gostam disto: