Tag Archive: pessoas


Estava participando de uma “saída fotográfica” na região da Luz/Bom Retiro.

Quando estávamos fazendo o contorno no Parque da Luz para o nosso destino final na estação, vi um maninho se aproximando e se preparando para pular uma corrente. Mirei a câmera nele e tirei uma foto horrorosa, borrada e com fotometria toda errada. Um fiasco.

Luz1

Ele foi se aproximando de mim, e pensei “pronto, arrumei confusão com um cara que não gostou que eu tirei foto”. Ao se aproximar ele começou a falar algumas palavras ininteligíveis, até a hora que ele falou “filma aqui, filma aqui!”. E começou a fazer uma cantoria, muito animado.

Aí então comecei a tirar uma série de fotos, vendo que ele estava à vontade em frente à câmera. Ele terminou, pegou um trocado e foi embora rapidamente. Nunca vou saber o nome desse sujeito, nem o que ele estava fazendo ali com sua caixa de feira na mão.

DSC_0694 BW

Luz4

Luz5

Luz6

São Paulo

Novamente, um post sobre o centro da cidade de São Paulo. Já aviso que muitos outros do mesmo tema virão por aí, porque o centro da cidade é uma região com muitas possibilidades de relação entre pessoas, entre pessoas e cidade, e da cidade consigo própria.

And again, another post about the center of São Paulo. I’ll warn you that many other posts about the same subject are about to me made, for the center of this city offers many possibilities of people interacting to each other, people interacting with the city and the city interacting with itself.

Abaixo, mostro duas fotos tiradas na região da Luz. A primeira delas é uma situação cotidiana de rua, mas mostra dois planos bem definidos e contrastantes: o plano superior mostra prédios antigos e elegantes com ricos detalhes e formas em ornamentos. Já o plano inferior mostra um arranjo típico de um centro comercial urbano, com lojas abertas, produtos pendurados e pessoas passando em frente.

I show, below, two pictures taken at Luz district. The first one is an ordinary urban scene, but shows two distinct and contrasting planes: the upper one is formed of old and elegant buildings decorated with rich detalis and shapes. The lower one shows the typical situation at a commercial urban center, with open stores, products hanging everywhere and people passing by.

A segunda imagem mostra o interior da Estação da Luz. Arrumei o ângulo da foto e a composição de modo a favorecer a ideia de que a plataforma e o trem não têm fim. E no primeiro plano me interessou a presença de duas faxineiras conversando.

The second shot shows the Estação da Luz from within. I arranged the scene angle and composition in order to reinforce the ideia of an infinite platform and an infinite train. Also, I was attracted by the two cleaning women in the first plane.

Estação da Luz

É realmente apelão estar num lugar desses, com uma luz dessas. Não há foto que saia ruim. O que me faz pensar se é justo que essas fotos existam. O que eu quero mostrar, além de uma luz que é naturalmente maravilhosa? Embora haja pessoas e linhas, há algum interesse nas fotos além da luz da Luz?

It is really unfair to take photographs at this location with this light. It is impossible to take a bad picture. What do I wanna show, more than a naturally wonderful lighting? Even though there are people and lines and shapes, is there anything appealing, other than light?

 

 

 

Portão listrado

Mais um portão como pano de fundo para pessoas passando. Acho que assim cria-se um cenário absolutamente simples, em que todos os elementos desnecessários do ambiente são descartados e restam apenas os sujeitos de interesse, que são as pessoas andando, com suas expressões e atitudes, e nos resta apenas perguntar quem são, para onde vão.

Once again I use a simple gate as the background to people walking. I guess this way the scenery becomes absolutely simple, and all unnecessary elements are taken away. Hence, just the subjects are highlighted: these men walking, with their facial expressions and attitudes. We have no other point of interest, and we only have to ask who they are and where they’re going to.

Vista aérea

Pessoas passando na calçada, vistas de uma sacada. Interessantes as formas geométricas no chão. E o ponto de vista, meio aéreo, cria uma outra perspectiva sobre a cena.

People walking on a sidewalk, as seen from a balcony. And interesting geometric shapes on the ground. The overhead point of view creates a different perspective for the scene.


%d blogueiros gostam disto: